LiveZilla Live Help
español português english

LUGARES INTERESSANTES

As cataratas do Iguazu

As Cataratas do Iguazú encontram-se entre Argentina e Brasil, formando o limite divisório natural entre ambos países, na confluência dos rios Iguazú e Paraná.

Em 1542 Alvar Cabeza de Vaca descobre as cataratas e batiza com o nome de saltos de Santa Maria, mas com o passar dos anos retoma seu nome original em guarani “Y” água, “Guasu” grande, derivando na denominado nome atual IGUAZU. Desde 1934 se encontram protegidas pelo Parque Nacional e em 1984 se declaro Patrimônio Natural da Humanidade.

O Parque tem 67.000 hectares com vistas panorâmicas fascinantes, fauna e flora que formam o ambiente natural que da marco aos “saltos grandes” e as mais de 200 cascatas que estão a seu redor . O salto mais abrupto é a famosa Garganta del Diablo, com sua caída de 80 mts de altura, no qual se pode chegar muito perto por meio das passarelas, do lado Argentino.

Um passeio que não pode ser perdido é o Trem Ecológico da Selva, que percorre vários caminhos da selva misionera, desembocando nas principais estações que dão origem aos circuitos que chegam ao coração das cataratas. A visita a Garganta del Diablo é imperdível, é o salto mais impactante por sua altura, força e quantidade de água, em sintonia com os sons da selva, o vapor de água e o arco íris que formam o reflexo do sol. De dia podem-se apreciar as mais exóticas espécies de aves e mamíferos: não é raro encontrar se com tucanos, papagaios, macacos, quatis, jacarés, jaguar e jaguatiricas, espécies em extinção.

Cataratas bajo la Luna

A caminhada as Cataratas do Iguazú bajo la luz de la luna, é uma aventura que somente quem experimentou pode saber realmente do que se trata e não esquecerá jamais! Para poder fazer esta excursão, é necessário sincronizar sua viagem as Cataratas do Iguazú com o calendário lunar, já que só é possível ver o fenômeno quando há lua cheia.

O espetáculo natural se aprecia somente durante cinco dias em cada mês, no dia da lua cheia, dois dias antes e dos dias depois, o momento único onde a luz prateada da lua ilumina la Garganta del Diablo das Cataratas do Iguazú na noite.

As ruinas Jesuitas

As Ruínas são os legados histórico-culturais mais importantes da região e datam de a época da conquista espanhola. Encontram-se vestígios arquitetônicos com mais de 200 anos de história em toda a província de Misiones (inclusive na vizinha província de Corrientes).

Muito próximo da selva Misionera, estão as Ruínas que foi o traçado urbano desenhado pelos jesuítas e construído por mãos aborígenes, quem mais tarde seriam evangelizados. As mais conhecidas são as Ruínas de San Ignacio Miní, são que tem melhor estado de conservação e se podem visitar para conhecer a história da colonização, evangelização e educação dos nativos guaranis.

Atualmente, o prédio dispõe de um Centro de Interpretação para conhecer através de várias salas, maquetas, relatos, show de luzes e sons, e todo o que aconteceu. Dada sua importância, se declaro Patrimônio da Humanidade, Monumento Histórico Provincial e Nacional.

As Ruínas são de grande atrativo turístico dado o impacto cultural e recebem visitantes em busca de revelar mitos e lendas. A conservação é muito boa já que os assentamentos se realizaram com materiais da zona, como arenito vermelho, o qual favoreceu que perdurem no tempo apesar encontrar se expostas as inclemências climáticas.

Ruta 12 Km 3,5 | Puerto Iguazu - Misiones

Hotel|Quartos|Serviços|Atividades|Lugares Interessantes|Localização|Contato